Publicidade

Jornal do Brasil

Cabo Frio JB News

Câmara aprova aumento de salário de prefeito, vice e secretários de Maricá

A Câmara Municipal de Vereadores de Maricá aprovou o reajuste de 31,89% nos salários do prefeito, vice-prefeito e secretários em primeira votação, que aconteceu na sessão de quarta-feira (30). Dos dez vereadores presentes, oito foram favoráveis ao reajuste e um foi contra. O presidente da Casa não participa da votação.

Caso o reajuste seja aprovado em uma próxima sessão, com data ainda não divulgada, o salário do prefeito sobe de R$ 19,5 mil para R$ 25,7 mil e os do vice e secretários vai de R$ 13 mil para R$ 17 mil.

De acordo com a proposta, o reajuste é para recomposição dos subsídios dessas faixas com base na inflação dos últimos 4 anos, de acordo com o Índice de Preços ao Consumidor Ampliado, o IPCA.

A Prefeitura também informou que para a gestão de Fabiano Horta, está prevista a redução de secretarias, de 35 para 21 pastas. De acordo com o município, a redução significa uma economia aos cofres públicos de R$ 222 mil por mês, passando de R$ 660,3 para R$ 437,3 mil.

 

Compartilhe:
Comentar

Gestão de resíduos nos canteiros de obra comprova que entulho não é lixo na Região dos Lagos

O manejo inadequado dos resíduos sólidos pode causar inúmeros impactos socioambientais. Degradação e contaminação do solo, poluição da água, proliferação de vetores, potencialização dos efeitos de enchentes nos centros urbanos, são apenas alguns deles. Diante desses potenciais prejuízos, é fundamental defi nir e implementar políticas públicas adequadas a fim de garantir a destinação adequada dos resíduos sólidos.

Na Região dos Lagos, no litoral do Rio de Janeiro, uma construtora se destaca no município de São Pedro da Aldeia, por contar com um um programa de gerenciamento de resíduos.  Integrante da Associação dos Aterros de Resíduos de Construção Civil do Estado do Rio de Janeiro – ASSAERJ – a Construtora JM é a única na Região dos Lagos que atende à Resolução CONAMA 307 de 2002, que estabelece diretrizes, critérios e procedimentos para a gestão dos resíduos da construção civil.

A empresa foi licenciada pelos órgãos ambientais a operar uma usina de reciclagem de resíduos da construção civil. O processo já vem sendo realizado nas obras da própria empresa, onde os funcionários participam de treinamentos constantes, monitoram e produzem relatórios mensais para o acompanhamento da geração dos resíduos, atestando a destinação correta, de acordo com a legislação ambiental vigente.

Na Usina de Reciclagem, o resíduo é pesado; depois as caçambas são esvaziadas na área de transbordo e triagem, onde possíveis contaminantes são retirados; então, o resíduo passa pelo processo de britagem – sua dimensão é reduzida pela britadora e um sistema de peneiras mecânicas separa os agregados pelo seu tamanho comercial.

- Sabe-se que as  sobras da construção civil, tanto na  execução, como na manutenção e reforma, representam a maior parte de resíduos urbanos. Com objetivo de atender melhor a demanda por beneficiamento dos Resíduos da Construção Civil, popularmente conhecido como entulho, o material de descarte de nossas obras já vem sendo reaproveitado na  Usina de Reciclagem, disse Dionattan Medeiros, um dos diretores da empresa.

A construtora também  presta consultoria ambiental para os clientes que desejam um maior controle dos resíduos produzidos e recebe material de descarte de várias construtoras da Região dos Lagos. Hoje, a JM produz areia grossa, pó de pedra e bica corrida, material de base para asfalto. O material é classificado de acordo com suas necessidades de processamento, com base nos termos da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT).

- A nossa proposta é atender a demanda hoje existente no mercado de construção civil, já que de acordo com a legislação ambiental, o agente gerador do resíduo é responsável pela destinação final do lixo. A JM devolve ao mercado 100% do que coleta, conclui Dionattan Medeiros.

O importante hoje, além da qualidade do produto final, é a consciência ambiental e de custos, disponibilidade, e um amplo campo de aplicações.

As máquinas são usadas para pedras naturais de leve à moderadamente duras, e para o reprocessamento de materiais provenientes de resíduos de construções.

 

Compartilhe:
Comentar

Yázigi abre o Natal em Cabo Frio com apresentação de Cantata no Shopping ParkLagos

Foi um sucesso a apresentação da tradicional cantata de Natal do Yázigi de Cabo Frio, realizada no último domingo, dia 27, no Shopping ParkLagos. A apresentação dos alunos do Yázigi foi uma das atrações da abertura de natal do Shopping, que também contou com a chegada de Papai Noel e a inauguração da pista de patinação no gelo.

- Foi um evento mágico ver essas crianças interpretando canções tão lindas para abrilhantar a abertura do Natal, disse uma mãe feliz com a apresentação dos filhos.

No palco, o coral formado por crianças de 4 anos, do Little Kids, até 12 anos, do Y Teen, interpretou seis canções, entre elas,  “Christmas don´t be late” e  “Change the World”. Essa foi a sétima Cantata de Natal promovida pelo Yázigi Cabo Frio. Com a regência do Maestro Daniel,  o principal objetivo do evento foi promover o sentimento de paz e alegria que a data inspira.

- Ficamos muito felizes com mais essa da Cantata de Natal do Yázigi. O evento já se transformou em atração durante a abertura do Natal em Cabo Frio. A cada ano os alunos ficam mais motivados em participar desta festa, e para nós do Yázigi, é muito prazeroso poder proporcionar um momento único como este para a população, disse Maria Emília Guimarães, diretora do Yázigi.

 

 

Compartilhe:
Comentar
Assine o RSS
Publicidade
Publicidade
?>