publicidade

Jornal do Brasil

À Sua Saúde

Sangue tipo “O” tem menos risco de infarto

As mais variadas pesquisas desenvolvidas ao redor do mundo nos oferecem regularmente elementos para melhoria de diagnósticos. Esta semana um tema que já foi alvo de outras investigações, voltou à pauta. É a constatação de que pessoas cujo sangue é do tipo “O” seriam menos propensas às doenças cardíacas. No caso, os pesquisadores da Escola de Saúde Pública de Harvard, nos EUA, revisaram dois estudos que acompanharam 90 mil pessoas ao longo de mais de 20 anos.

A conclusão foi de que os de sangue tipo “AB” têm 23% mais riscos cardíacos, os de tipo “B” 11% e os de tipo “A” 5%. Bom, para que serve esse tipo de investigação? Para mim é um orientador. Amplia as possibilidades de diagnósticos e ajuda a traçar o perfil de risco de um paciente. Já para os pacientes, pode servir como mais um alerta para a necessidade de constante prevenção.

Um dos estudos analisados acompanhou 62 mil mulheres com mais de 26 anos. O outro se fixou em 27,4 mil homens com mais de 24 anos. Do total, 2,5mil foram diagnosticados como portadores de doenças cardíacas.

Quem não souber qual o seu tipo sanguíneo é fácil.  Basta fazer um exame num laboratório de análises clínicas.  O tipo “O” é o doador universal. Já o “AB” é o receptor universal. É importante saber qual o seu tipo, especialmente para casos de emergência quando houver necessidade de transfusões.

No Brasil, os grupos sanguíneos mais comuns são o “O” e o “A”, que juntos  abrangem 87% da população. O “B” contribui com 10% e o grupo sanguíneo “AB” com apenas 3%.

É importante destacar que a pesquisa não concede ao portador doo sangue tipo “O” qualquer imunidade. É uma avaliação meramente estatística que não o isenta das necessárias prevenções de manter hábitos de saúde saudáveis, ter uma boa alimentação e praticar exercícios.

Portanto, seja qual for o seu tipo sanguíneo, não descuide da prevenção.

Bom fim de semana.

 

Postado por flaviocure às 18:04

Compartilhe:

Nenhum comentário

Nenhum comentário

Adicionar um comentário:

Publicidade
Assine o RSS
Publicidade